sexta-feira, 27 de abril de 2012

White Hat SEO – O lado “branco” da força


No mundo do SEO predomina a terminologia Black Hat/White Hat. Esta terminologia provém dos antigos westerns a preto e branco onde era possível distinguir os “bons” dos “maus” através da cor do chapéu.

Assim como é possível distinguir os Jedis dos Sith através da cor do sabre de luz (na sua
 grande maioria).


Deixo-vos aqui algumas das "boas" práticas a efetuar na otimização on-page.


Imagem de Yoda White Hat SEO
Boas práticas de SEO para títulos de páginas

·        Descrever com precisão o conteúdo da página;
·        Crie  “title” tags únicas para cada página;
·        Use títulos breves, mas que sejam descritivos.

Boas práticas de SEO para a meta-tag “description”

·        Faça um resumo preciso do conteúdo da página;
·        Utilize descrições únicas para cada página.

Boas práticas de SEO para a estrutura de URLs

·        Usar palavras-chave nas URLs do seu site;
·        Faça com que o seu site tenha uma estrutura de directórios simples;
·        Forneça somente uma versão de URL para cada página/arquivo do site.

Boas práticas de SEO para a navegação do site

·        Tenha uma hierarquia que seja fácil de “percorrer”;
·        Utilize principalmente textos para a navegação;
·        Tenha um mapa do site em (X)HTML (uma secção do site) e uma versão em XML;
·        Considere o que acontece quando alguém suprime parte da URL de uma página;
·        Possua uma boa página de erro 404.

Boas práticas de SEO para o conteúdo de seu site

·        Escreva textos fáceis de ler;
·        Mantenha uma boa organização em torno do tema;
·        Use linguagem que seja relevante para seu público-alvo;
·        Tenha conteúdo actual e exclusivo;
·        Ofereça conteúdos exclusivos e serviços;
·        Crie conteúdo primeiramente para pessoas, não para motores de busca.

Boas práticas de SEO para textos âncora (links)

·        Escolha conteúdos descritivos;
·        Utilize textos concisos;
·        Formate os links para que se possam destiguir facilmente do texto comum;
·        Utilize estes conselhos para links internos também.

 Boas práticas de SEO para textos de títulos

·        Imagine que está a escrever uma manchete de jornal;
·        Utilize tags de títulos/subtítulos com moderação (e de forma organizada).

 Boas práticas de SEO para imagens

·        Utilize nomes dos arquivos e texto “alt” breve, mas descritivo;
·        Forneça texto alternativo (“alt”) quando usar imagens como links;
·        Utilize imagens de um diretório próprio;
·        Utilize os formatos de imagem mais comuns (JPG, GIF,  PNG e BMP).

 Boas práticas de SEO para promover o seu site

·        Escreva sobre novos conteúdos e novos serviços;
·        Lembre-se da divulgação offline do seu site;
·        Travar conhecimento como os sites de social media;
·        Aproxime-se daqueles que tratam de assuntos relacionados com o seu.

domingo, 8 de abril de 2012

Como funciona um motor de busca


Um motor de busca associa palavras que os utilizadores inserem numa janela de texto a um índice, apresentando assim sumários de conteúdo numa página de resultados (ou SERP – Search Engine Results Page).

Imagem do Spider/Crawler

Um motor de busca tem basicamente quatro componentes: O crawler (ou spider), o índice – a base de dados massiva criada pelo crawler, funciona de forma parecida ao índice dos livros – e o sistema runtime – que faz a ligação entre a consulta e o software de busca, tornando os dados constantes no índice inteligíveis para o utilizador, e ainda a apresentação dos resultados provenientes das três etapas anteriores.

O crawler (ou spider) é associado a um robot que salta de página em página, devorando links e texto. Na realidade este engenho nada tem de tangível. Com efeito, trata-se “apenas” dum poderoso programa informático que corre nos servidores Google e cuja tarefa é vasculhar e arquivar toda a web.


Uma vez indexadas as páginas há que encontrar critérios para as apresentar aos utilizadores. O software em que assenta a tecnologia de pesquisa Google processa cálculos simultâneos em fracções de segundo. O Google bot consegue neste momento, ler como um ser humano, mas fá-lo de forma muito mais rápida. Através de mais de 200 algoritmos, cujo primeiro é o PageRank, é examinada toda a estrutura de hiperligações da web, de forma a determinar quais as páginas mais importantes.

As probabilidades de indexação de um website aumentam significativamente, com as mudanças efectuadas ao conteúdo do mesmo.

Realiza em seguida uma análise de correspondência de hipertexto para estabelecer quais as páginas relevantes para uma determinada pesquisa a ser efectuada. Ao combinar a importância geral e a relevância específica para a consulta, o Google consegue colocar em primeiro lugar os resultados mais relevantes e fiáveis.

Abaixo podemos ver uma iconografia, desde o processo de crawling e de indexação até ao processo de apresentação de resultados (query).
Processo do Google

  
Importa referir que, apesar de o Google ter neste momento o domínio da pesquisa na internet, existem outros motores de pesquisa como o Bling. 

terça-feira, 3 de abril de 2012

Como fazer SEO


O SEO é um sistema de optimização de conteúdos nos motores de busca. 


Os motores de busca procuram oferecer ao utilizador, a melhor experiência de pesquisa possível. Na prática, isto traduz-se numa pesquisa de conteúdos eficaz, tendo em primeiro lugar os melhores conteúdos para determinadas palavras-chave, num intervalo de tempo de pesquisa reduzido.

É esta capacidade dos motores de busca que faz com que os utilizadores continuem a voltar ao mesmo serviço. Foram os fatores atrás referidos que fizeram com que o Google ocupasse o lugar cimeiro dos motores de busca, permitindo à empresa diversificar o seu negócio, com a concepção de outros produtos Google.

Gráfico que explica o processo de SEO

Para compreender como se faz SEO necessitamos de compreender também,  como funcionam os motores de busca. Tomaremos como exemplo a Google. Um motor de busca como o Google rastreia toda a web frequentemente, à procura de novidades e de mudanças nos websites. Neste processo o “robot” do google lê e interpreta todo o conteúdo html de uma página. O segredo mais bem guardado dos motores de busca é a forma como funcionam os seus algoritmos, embora já existam formas de prever uma boa classificação num motor de busca, é quase impossível a um profissional sério de SEO garantir o primeiro lugar nos resultados de pesquisa de um motor de busca.

Noutro artigo irei abordar a forma de funcionamento de um motor de busca, para já vamo-nos debruçar sobre a otimização das páginas web.

Através de estratégias On-page (na própria página web) e estratégias Off-page (fora da webpage) é possível obter uma boa classificação nos motores de busca.

Nas estratégias On-page a grande mais valia está no conteúdo da página web. É importante que a os conteúdos presentes na nossa webpage vão de encontro as palavras-chave que os utilizadores dos motores de busca usam para encontrar um determinado produto ou serviço. É também importante ter um site visualmente apelativo e funcional, pois esta combinação irá fazer com que os internautas voltem a visualizar a nossa página.

Os comandos HTML são muito importantes para o processo de procura do “robot” do motor de pesquisa, principalmente os meta tags <title> e os meta tags “description”, que devem ser coerentes com o conteúdo fornecido. Muito importante é também que o URL do site seja “amigável”, vá de encontro ao conteúdo presente no site, e à inclusão das palavras-chave mais utilizadas.

Otimização On e Off

As estratégias Off-page baseiam-se na inclusão de conteúdos nossos, noutras páginas da web. A utilização de social media para divulgar a nossa página (por nossa parte ou por terceiros), aumenta as probabilidades de nos encontrarem na web. Aumenta também o nosso índice de fiabilidade junto dos motores de busca.

Tendo conhecimento destas estratégias Off-page, muitas empresas procuram otimizar os conteúdos, On e Off-page, para que os seus sites tenham um alto page ranking entre os motores de busca. O “page-ranking” de um website é um fator muito importante, pois se o motor de busca funcionar de forma adequada, irá mostrar na SERP (Search Engine Results Page) as paginas mais relevantes para determinadas palavra chave em primeiro lugar. A importância de ficar nos lugares cimeiros comprova-se, quando sabemos que os utilizadores de motores de busca costumam ficar nos primeiros 10 resultados (tome-se a si mesmo como exemplo). É portanto normal, que uma empresa aposte na optimização do seu conteúdo, para que seja possível aos utilizadores encontrarem a sua página web através da busca natural (ou pesquisa orgânica).

Existem várias formas de obter um page ranking alto e praticar SEO. Existem também, no mundo do SEO, práticas consideradas boas e práticas consideradas más. Respectivamente: white hat SEO e Black hat SEO. Mas sobre essas práticas falaremos noutro artigo.

Uma das formas de conseguir um alto page-ranking é através de link building. O link building faz-se através da associação com outras webpages ou blogs, Conseguindo backlinks por parte de outros web masters ou bloggers. E claro, quanto maior for o numero de backlinks, maior será o nosso índice de fiabilidade por parte dos motores de busca, como já atrás foi referido.

Imagem de Estatégia de Link Building


É Por isso, que se considera tão importante a optimização de conteúdos por palavras-chave. Através dos social media podemos criar backlinks sem ter de recorrer a terceiros. Redes sociais como o Facebook têm um alto page ranking, o que faz com que os backlinks para a nossa página tenham maior fiabilidade junto dos motores de pesquisa. É importante não limitar os nossos esforços de link building a uma única rede social, devemos utilizar o máximo de social media possíveis. Especialmente os social media de conteúdo, como o youtube e o slideshare.

Obviamente que também é muito importante obter backlinks por parte de blogs e websites fiáveis.

sexta-feira, 23 de março de 2012

Um novo blog

Como talvez já saibam, tenho um novo Blog, blog este que vai focar-se exclusivamente, em social media marketing e  Content Marketing. "Tirando esse peso de cima dos ombros deste blog".


imagem de social media marketing Kony 2012
No primeiro artigo original deste blog vou falar sobre a campanha Kony 2012, feita pela organização "Invisible Children". 

Uma rede social criada por portugueses imagem




Vou também aproveitar para demonstrar os usos da plataforma Bundlr, a primeira rede social/motor de pesquisa desenvolvido por portugueses. 
:megusta: